tentante

O garoto que não comia coisinhas

Era uma vez, num lugar hipotético chamado “Minhacasus”,existia um garoto, chamado hipoteticamente de “Bhomas” que não comia coisinhas.

Coisinhas são na sua maioria coisinhas que sua mãe preparava,com amor, carinho e sem Sazon.

Sua mãe, a quem hipoteticamente chamaremos de “Garol”, cortava maçãs, preparava pratinhos,dava banana, lavava morangos, preparava tudo para aquele que um dia foi o bebê bom de garfo.

Pois bem, o tal bebê bom de garfo,se transformou num menino que não comecoisinhas que grudam na lingua, coisinhas pastosas,coisinhas secas e coisinhas que invariavelmente não combinam com queijo ralado,tipo: leite.

Vamos lá,para o exemplo de coisinhas que o “Bhomas” não come:

-OVO: Não há Bob Esponja no mundo que faça ele comer ovo. Desde bebê, Garol colocava gema na papinha e ele CUS-PIA tudo. Sem nenhum problema prévio.

-Casca de frutas, tipo maçã: ele come toda a maçã e deixa a casca, intacta. Se gruda na língua, ele COSPE tudo, fazendo voar casca pela casa toda.

-Sopa: Bhomas odeia sopa,não come de jeito nenhum! Faz cara feia,reclama,empurra o prato. Se conseguisse falar, diria: “Tá de sacanagi?”

-Leite com cacau,nescau,ou qualquer outro cau no finAU: não gosta,não toma,tem raiva,fala nananananananananaoooomenão toma se não for de manhã ou à noite.

-Sanduiche: Garol fez toda empolgada, um sanduba de pão integral,queijinho e tomate. Resultado? Ela comeu 2,porque Bhomas não quis ver nem pintado.

-Iogurte: Bhomas odeia.Garol também.

Ainda bem que essa história é fictícia e aqui em casa, o Thomas come TUUUUDO isso.

lies anchorman lie liar lying

 

Anúncios

15 comentários em “O garoto que não comia coisinhas

  1. Kkkkkk! Demais este post! =D
    Estava terminando de ler o anterior, pensando que este ano provavelmente eu coloque minha filha na escolinha, mas me dá uma preguiça de pesquisar e um medo de descobrir os preços >.<… pensando que meu útero também anda animadinho, mas me dá uma preguiça de pensar em limpar, alimentar e entreter 2 ao invés de 1, e um medo de desistir de vez ou decidir ter o 2° e me arrepender de ter esperado muito tempo… pensando mil coisas…
    Aí eu atualizo a página e vejo um post novo… Que me faz rir à beça! XD
    Como pode essas pessoinhas, que há alguns meses eram bebês, de repente aparecem cheios de "Qué qué" e "Num qué" (no meu caso são essas as palavras usadas atualmente).
    Que bom ler seu blog de novo, Carol! Feliz 2016! ^^

    Curtir

  2. hahahahahahhahahahahahahaha
    Meo Deus! Comer a maçã e deixar a casca intacta, é muito bom! Requer uma paciencia impressionante!
    Dizem que come de tudo depois para de comer tudo… Ai começa a trabalhar e come o que tiver pq não tem outra opção! rsrsrs

    Curtir

  3. Menina, isso só pode ser fase! Lá em casa é a mesma coisa! Belis 🙂 comia muito melhor até antes dos dois anos. Não rejeitava nada e tinha maior boa vontade pra experimentar coisas novas. Agora, depois que aprendeu a falar “eca!”, precisamos de um certo malabarismo para alguns itens.
    Bjs

    Curtir

  4. Tem certeza que o personagem desta história não se chama Valentina? Socorro! Minha pessoinha, que é alguns dias mais velha que o Thomas, está nesse fase de não querer comer quase nada (claro que se for um chocolate ou uma bala – ainda não descobri quem lhe apresentou a bala! – ela não vai recusar). Já teve dias em que até o leite rejeitava (tentei Toddy, Nescau, e o eca era ainda mais alto do que o eca dito para o leite puro), mas é louca por iogurtes. Arroz e feijão ela ama, carne também. Ontem tivemos uma pequena vitória ao almoçar no pesqueiro: ela comeu lambari e tilápia até se fartar! Pena que a aversão a legumes, verduras, ovo nas mais diversas formas e frutas continue. E o que não dá para entender é que ela teve uma excelente introdução alimentar, sempre aceitou bem estes alimentos, comia bem e pedia frutas, amava banana e mamão. Já agora… Pelo menos controlo o que não presta: as guloseimas são de vez em quando, e refrigerante ela ainda não provou (e pelo que depender de mim, não provará tão cedo!).
    Mas o que fazer para que eles voltem a comer? Eu até comprei aquele livro “Socorro! Meu filho come mal”, mas nunca abri…

    Curtir

  5. Carol, o meu é pouca coisa mais velho q o Thomas e o orgulho da mãe que bradava aos sete ventos que seu pequeno príncipe comia de tudo e batia uma marmitex sozinho…bem,bem…um belo dia estava a mamãe e a vovó almoçando com ele e eis que vovó me solta na mesa a informação que a minha sobrinha não come feijão , só arroz puro.Imediatamente eu ouço “mamãe, eu não gosto de feijão!”.E desde esse trágico momento ele não come nada de feijão…como pode, gente, choquei!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s