tentante

Decisões e mudanças

Bom, aí que voltamos dos EUA e eu fiquei devendo uma resposta pra vocês sobre o que faríamos certo?
Não foi minha memória de Dori que fez com que eu esquecesse disso, foi proposital.

Saímos dos EUA com a certeza de voltarmos. Deixamos carrinho de bebê e roupas de frio. Uma amiga nossa que está lá, ficou no nosso AP, ainda alugado durante o mês de agosto e esperamos para ver o que aconteceria.

Aconteceu que eu voltei de licença e não fui mandada embora. Aconteceu que não deu pra minha mãe ficar com o Thomas. Aconteceu que marido pediu um afastamento do trabalho pra poder ficar com o bebê enquanto não resolvíamos o que fazer e quando voltar-porque haja burocracia!

Tentei ver o que acontecia no trabalho, mas estava mais desconectada com ele e com a empresa do que sinal de 3g quando você precisa. Não conseguia pensar em nada a não ser na volta dos EUA, no Thomas e na dívida que contraímos desde os idos de 2011 quando marido ficou desempregado e foi virando uma bola de neve até beirar os 30 mil reais e eu sem um puto pra pagar.
Meus dias na empresa não passavam: eu estava sem trabalho, sem tesão e sem querer interagir com o pessoal que estava em outra vibe. Eu acordava cedo pra nada. Chegava em casa irritada, com tudo e via o Thomas acordado por tipo 2hs e só. Pra nada, porque eu não tinha trabalho. Conversei com minha chefa e disse que se não fosse minha dívida eu teria pedido as contas já, mas não podia me dar ao luxo de fazer isso neste momento. Ela disse que ia pensar se me ajudaria. E nesse pensar e pensar, passaram-se dois meses e eu já estava de saco cheio, com as dívidas aumentando cada vez mais e sem saída.
Até que em 2/9 deu certo: fui demitida! Minha chefa conseguiu me demitir a meu pedido e eu fiquei radiante!
Não posso negar que me deu um aperto no coração sair de uma empresa tão boa, onde eu estava há 7 anos. É muito estranho dissociar eu de lá, especialmente pelos amigos que fiz e etc. Saí com dor no coração, mas feliz porque agora é uma nova fase.

Uma fase em que voltaremos por uma temporada de 18 meses de volta em Wisconsin, onde vou trabalhar meio período e poderei ver meu filho crescer, privilégio que poucas pessoas têm e sinceramente? Pra mim não há nada mais importante!
Eu amava trabalhar onde trabalhei! É um lugar legal, uma empresa que dá orgulho mesmo de fazer parte, mas agora é uma nova fase!

IMG_4530.JPG
Quem sabe um dia não volto?

Anúncios

15 comentários em “Decisões e mudanças

  1. Vai com tudo, Carol!! Fiquei muito feliz por você quando vi a foto no instagram e saquei a legenda, hehe.
    Vai ser linda essa nova fase, com certeza. Que bom seguir o coração e fazer o que nos faz bem né. Ebaa!!

    Quando vocês vão? Não deixe de nos dar notícias hein!

    Beijo grande!!

    Curtir

  2. Carol,
    Fiquei muito feliz em saber das boas novas!
    Te desejo muita sorte nessa nova jornada e que vc ganhe na lotofácil (pq meu marido é matemático e disse que as chances são maiores que a da megasena) para pagar essa dívida chatinha!
    Um beijo enorme!

    Curtir

  3. Eu também larguei! Larguei sem olhar pra trás. Nem fui demitida, saí fora com cara e coragem! E tenho certeza de que o futuro será maravilhoso ao lado da minha pequena.
    Tudo de bom pra vocês na terra do Tio Sam.
    Beijo,
    Opi

    Curtir

  4. Uau!! Que felicidade essa mudança! Acho que depois que temos filhos, voltar ao trabalho pode (deve) até acontecer, mas é certo que nada será como antes de ser mãe! Eu tbm estou na mesma pegada: sem tesão na labuta… Então, a melhor solução – a meu ver – é trocar de emprego. Se puder ser em um de meio período, melhor ainda! E se for em outro país, então? Nem se fala! 🙂
    Boa sorte!
    Bjs

    Curtir

  5. Como lhe falei no Face, estou feliz e na torcida por voces ! Ainda bem que voce tem noção do privilégio que será passar mais tempo com o Thomas. Todas nós queremos isso (eu acho), então aproveite o máximo dessa oportunidade. Será uma experiência incrível, tenho certeza. Vão com tudo ! E continue sempre nos atualizando por aqui. Bjs !!!!!

    Curtir

  6. Carol, desejo tudo de bom pra vocês nesta nova fase! Que ótimo esse lance de trabalhar meio periodo! Olha, entendo direitinho como é se mudar pra longe, ficar com o coraçãozinho apertado por estar longe da família, sentir saudades de comer pastel com caldo de cana… Mas aqui tem tanta coisa boa né?! Estou do outro lado do país, mas tu pode me ligar pra bater um papo em português 🙂
    Beijos, Rita

    Curtir

  7. Oi Carol, sou tentante e já devorei seu blog em menos de 1 semana!!! Fui demitida e marido está em risco, o Bresilll não está fácil não e queremos muito passar uma temporada igual vc nas terras do tio sam, será que vc poderia me falar como conseguiu visto para 18 meses?? Obrigada e boa sorte!!!

    Curtir

    1. Oi Juliana!! Na verdadd nosso visto está atrelado ao programa que viemos, q meu marido foi convidado para vir… No seu caso, o mais facil ej vcs virem com um visto de estudante! Assim vcs ficam
      O tempo que precisarem/quiserem ficar!!
      Qqer duvida, me avisa!
      Bjs

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s