mesversário · parasita · Thomas

5 meses de Thomas

Depois do final do terceiro mês e início do quarto, quando o Thomas tava virado no Jiraya, as coisas parecem ter entrado numa normalidade quase que bizarra.

Durante o mês passado dele, fizemos a loucura de viajar 8hs de carro com ele depois das vacinas do 4° mês. As
vacinas deram aquela reação mala, como febrinha e dor local, mas depois de um dia ele estava como novo.

Quando voltamos aqui pra casa, ele praticamente virou outro bebê: dormiu uma noite das 20 às 8hs da manhã do dia seguinte: foi num fim de semana e marido e eu tivemos a impressão de termos acordado de ressaca. No dia seguinte, dormiu das 22 às 6 da manhã e agora já faz alguns dias que tem dormido às 20h30 e acordado à meia noite, uma da manhã. às vezes antes, às vezes depois. Aí, dá uma soneca desse horário até umas 8h30.  Essa soneca ele dá na minha cama, colado comigo. Eu gosto, ele gosta e é nosso momento.

Falando sobre cama: até o quarto mês, ele estava dormindo no carrinho, ao lado da nossa cama, mas eu notei que o bicho tava grande demais e alguns dias eu acordei e a perna dele estava meio que pendurada pra fora do carrinho. Foi o suficiente para que eu comprasse um berço de viagem pra ele, semelhante ao que temos no Brasil. Chegou aqui em casa e eu estava realmente com receio de colocar ele lá e ele estranhar, sei lá. Ele estava tão bravo que tudo ia ser motivo pra irritação. Pois bem, chegou a hora de dormir e pimba: tasquei ele no berço. Ele nem se ligou e dormiu todo esparramado por boas longas 4 horas (ele tava no ápice do salto de desenvolvimento). E desde então, ele dormia somente às noites no berço e as sonecas diárias eu punha ele na minha cama. Sem motivo. Até que na quarta feira após voltarmos de viagem, eu estava EXAUSTA e com uma mega dor nos braços, porque o Thomas está pesando 7,3kg e só dormia se eu o chacoalhasse hard. Aqui em casa somos contra as técnicas da Encantadora de Bebês, supernanny e afins. Não acho legal deixar a criança chorar até dormir, mas não condeno quem faz. Realmente chega uma hora que cansa. E esse dia chegou, eu estava moída e somando o super peso do Thomas, aliado ao fato de ele estar chutando o ar porque queria dormir e não conseguia. Arreguei e coloquei ele no berço. Dei um beijo, disse: “boa noite, Thomas. É hora de dormir”. Encostei a porta e pensei que teria um intervalo de 1 minuto até ele começar a gritar pra que eu o pegasse novamente. Só que aí passaram 5 minutos. 10 minutos-silêncio. 15 minutos e silêncio.Entramos no quarto e ele estava lá: domindo placidamente, sem choro, sem berro, sem nada.Dormiu porque quis. No dia seguinte, não quis arriscar e comecei a colocar ele para dormir na cama ou encostado em mim fazendo cafuné ou direto no berço com um cafuné na cabeça. E funcionou. Ele não precisa mais dormir embalado e não chora para dormir. Fica lá, brincando com o móbile e com um leão de pelúcia que ganhou e dorme sozinho. Às vezes, é fato que ele dá uns paus e chora. Aí eu entro e embalo ele no colo, mas nada mais comparado ao que estávamos passando há algumas semanas.

Sobre o desenvolvimento dele: depois do salto, ele parou de vomitar a toda mamada. Não dou mais a fórmula pra refluxo e ele está bem. Estou para levá-lo ao pediatra, para uma consulta de rotina, preciso apenas marcar a data. Pesei ele por conta própria e vi que está com 7,3kg e medindo 68cm. Está comprido, com um pé grandinho e robusto. O tórax dele está maior e está cheio de dobrinhas gostosas. Sabe nenê pesadinho? Então… Ele está super firme, rola pela metade só e fica lá. Mas o engraçado é que ele AMA sentar. Obviamente ele ainda não senta sozinho, mas eu o seguro e Thomas pira. Ele ri, adora ver o mundo dessa perspectiva. Outro dia coloquei ele sentado nos meus joelhos, enquanto eu estava sentada no sofá. O bicho pirou! Ria alto, você via que a bochecha estava prestes a explodir tamanha alegria.

Ele já nota as coisas e pessoas. Outro dia de manhã, após a mamada, ficou observando a Amy dormindo no pé do pai. Ele riu para ela. Ria e olhava pra mim, como quem diz: “bonitinho esse negócio, né mã?”. Ele também adora o brilho da TV ou do Skype. Aliás, ele ri horrores pro meu irmão, mãe e avó no Skype. Pras outras pessoas ele olha sério e fica analisando, mas pra esses 3 ele se derrete. Ele tem dado menos trabalho pra sair de carrinho. Ele curte o passeio agora. Fica olhando para tudo.

Adora pegar os próprios pés e falar. Como fala. Só podia ser meu filho – quem me conhece sabe que falo pelos cotovelos. E joelhos. Ele fica no babababa aaaahhhhh gugugug nenanenanena eterno e eu respondo, óbvio. Ainda ri quando eu pergunto onde está o pé, ou se o mosquito engoliu um boi. O cabelo novo está crescendo completamente loiro. Douradinho lindo e os olhos continuam azuis. Quando eu digo que é filho do Jon Bon Jovi ninguém acredita…. DNA pra ontem. 😀 Adora tomar banho de banheira. Fico com ele lá dentro, conversando e ele ama! Ah, momento oversharing: a pele do prepúcio dele está quase solta. A pediatra nos instruiu a puxar para baixo de leve, até o limite todos os dias para soltar e evitar cirurgia de fimose. Como não queremos operar as partes baixas dele, comecei a dar essas puxadinhas e realmente fez efeito. Já conseguimos ver a cabecinha do mini-pinto dele. Aliás, mães de meninos: vocês também fazem isso ou desencanaram?

Sobre mim: Estou bem menos cansada do que quando ele estava com 3,4 meses. A minha mini-deprê por estar sozinha passou um pouco e eu também me perdoei pela amamentação fracassada. Não adianta chorar pelo leite ressecado. Obviamente os comentários de todos me deram uma PUTA força e eu queria agradecer a todas que me escreveram palavras de apoio. Foi muito importante. Ainda não perdi os últimos 2kg do parto. Estou pesando 50kg e o momento engraçado: Como quando viemos pros eua eu tava amamentando, não trouxe meus sutiãs de uso normal, trouxe só os tops. Aí o leite acabou e eu tava de saco cheio de andar de top. Fui na Victoria Secret comprar dois sutiãs na promoção e lá é legal, porque americana compra sutiã pelo tamanho de tronco e pelo tamanho do bojo. Eu sempre tive o tronco pequeno e a mama meio grande, logo, meu tamanho era 34B (34 de tronco e B o bojo). Pois bem, fui comprar o sutiã que sempre usava, o tal do Push-UP Bra e minhanossasenhora: fiquei parecendo uma vaca de sutiã P. Meus peitos estavam horríveis naquilo: ficaram meio moles e levantados, o uó! Aparentemente, olhando eles todos os dias, estavam iguais de antes de eu engravidar, mas nossa, que trash! Tive que comprar um 36B, sem bojo. Ou seja o tronco cresceu e as peitas amoleceram e ficaram do mesmo tamanho! Primeira constatação do pós-parto, além da cicatriz no períneo! hahahahahaha Mas saí feliz, com peitos suportados. De resto, penso que continuo igual. A linha nigra ainda tá aqui, mas bem mais sutil. Já caibo em todas minhas roupas e minha barriga tá normal igual antes, mas ainda meio mole, porque voltei pra academia há um dia.

Temos conversado sobre um segundo bebê: não sabemos se um dia o teremos, por conta de grana. É muito punk ter outro filho morando no Brasil e eu não sei se ficaremos nos EUA por mais tempo ou se voltaremos à velha rotina. Tudo depende. Um lado de mim adoraria engravidar de novo e ter um irmão pro Thomas e outro lado meu sente uma preguiiiiiiiiiiiça daquelas de pensar em passar por tudo de novo, então não sabemos. Sei que ainda é cedo e tenho pelo menos mais uns 6 anos pra decidir, mas não gostaria de ter outro bebê tão mais velha. Uma coisa eu tenho certeza: num possível próximo bebê quero que o sexo seja surpresa! Todo mundo diz que segundo filho ninguém acha graça, então, no nosso caso, se tivermos um segundo, quero descobrir na hora do parto apenas!

No mais, seguimos normais. Alguns planos, poucas certezas. Um bebê que cresce a cada minuto e uma gata que incrivelmente, emagreceu na terra do Tio Sam.

E queria fazer um desabafo meio filosófico: outro dia recebi aqui no blog um comentário tão, mas tão ofensivo que me fez refletir a que ponto as pessoas chegam quando o assunto é parto. Especialmente o natural. A tal pessoa se intitulava como “cesárea” e escreveu um comentário (que nem me dei ao trabalho de responder e exclui) dizendo que se sentia feliz por eu não ter amamentado, que estava rindo da situação, que eu seria “menasmain forever” e que a criatura tinha amamentado a filha por 4 anos e meio. Olha, assim, sinceramente eu fiquei com pena de um ser que precisa vir num blog de outra pessoa que escreve a priori para registrar os momentos da gravidez e momentos do bebê para ele e em segundo momento, para dividir com outras pessoas informaçōes, pois foi através de blogs que me informei e tive o parto dos meus sonhos. Só pra desabafar, tipo de parto não define e nem destina a amamentação. Segundo, eu nunca vou ser ou me sentir menas main, porque eu amo meu filho mais que tudo e amamentar foi um percalço e já me resolvi com isso. Terceiro, escrever para alguém que você não conhece-sim, o blog é tipo 1/10 da minha vida- é no mínimo perda de tempo, porque eu deleto mesmo. E por último, essa discussão sobre parto é tão imbecil quanto discutir o sexo dos anjos. Quer marcar a cesárea por medo de dor, pra sair maquiada na foto, pra não “estragar o playground”, porque o médico te disse alguma besteira e você acreditou? Ótimo! A vida é de cada uma e eu respeito isso! Nunca critico as escolhas de ninguém. Cada um sabe onde aperta o calo e como diz meu pai, passarinho que come pedra, sabe o c* que tem. E realmente acho que algumas pessoas tem problemas com seus partos e se divertem quando outras pessoas se dão mal em algum aspecto da maternidade, como se minha falha em amamentar, compensasse a falha desta criatura em parir, sei là! E também pelo fato de que eu pari naturalmente automaticamente eu amamentaria até os 15 anos, ia deixar de me depilar, ouvir Enya, ligar incensos e chamar meu filho de Ramsés? Acho que não… Ainda há muito pré-conceito sobre partos naturais e as pessoas criam um estereótipo da mulher que pari naturalmente, exatamente como o acima e simplesmente se apegam à ele como se morássemos na selva ou numa cada hippie e tivesse parido na beira do rio. Assim, eu moro em SP (atualmente não, tá?), vou ao shopping, faço compra no mercado, tomo Nescau, como McDonalds, uso Nike, faço as unhas toda semana (em casa mesmo, pq eu gosto), tenho carro, meu filho usa chupeta e fralda descartável, comprei roupa americana pra ele (usadas, via Ebay, mas comprei) e tomo Coca Cola. Escolhi parir naturalmente porque quis vivenciar isso e quis dar ao meu filho um nascimento respeitoso e na hora que ele quis, coisa que no Brasil é impossível se você não paga particular.
Cada coisa no seu lugar. Só sei que tenho pena dessa pessoa, uma criatura sem alegria na vida, rs.

E vocês, quais as novas?

;

20140402-105237.jpg

20140402-105301.jpg

20140403-102248.jpg

Anúncios

26 comentários em “5 meses de Thomas

  1. HAHAHAHAHAHAHAHAHAHA
    Mas eu to rindo tanto dessa bonita que tá se achando porque amamentou a filha 4 anos e meio!
    Mandaria uma beija no coração dela porque apesar a teta na criança esse tempo todo, menas mais é ela que precisa ir no blog alheio pra ofender.
    As pessoas acham que parto natural vem num pacote amamentar-fralda de pano-alimentação orgânica blablablabla. Só que não, né? Felizmente, temos opções e podemos fazer escolhas para nós e para nossos filhos. Felizmente eles nasceram em uma época que permite isso.
    Abafando o comentário da criatura, Thomas está maravilhoso na loirice e ele é grandão! A Malu cresce mais pros lados do que em estatura. hahahahaha
    LI teu post e levantei a blusa pra olhar a linha nigra. Nem lembrava mais da dita cuja! Mas ela ainda tá aqui tbm. Não tão nigra, mas ainda tá.

    Beijos!

    Curtir

    1. Hahahah não é? Eu achei tão ridículo e tanta falta do que fazer que dej risada enquanto enviava pro Spam! Hehehehe ah, a Malu tá uma delícia! Eu babo nas fotos dela! Heheh pois é, minha linha tá mais pra bege escuro do q nigra! Hehehehhe bjuuuua

      Curtir

  2. Oi Carol, estou faz tempo querendo comentar mas nunca dá tempo! São várias coincidências e teu blog me ajuda muito, acompanhei toda a tua gravidez, o Thomas e o Raul nasceram quase juntos (duas semanas de diferença), eu tb tive problemas com a amamentação, embora a vontade fosse grande (e o leite sobrasse!) não deu, o Raul simplesmente decidiu que não ia mamar no peito 😦 . O tal do salto do desenvolvimento tb foi parecido, agora passou e ele tá um anjinho, dormindo sozinho no seu quartinho há um mês, dorme às 21h e acorda às 6, um santo esse guri! Meu único problema tem sido o carrinho, ele não quer saber de passear ali! É colocar ele para começar o berreiro! Tu pode imaginar como estão as minhas costas… Carregando esse chumbinho no colo o dia todo!
    Mas tá, queria te escrever mesmo para dizer para não dar bola para essa gente amargada, porque não passam disso!
    Beijos!

    Curtir

    1. Ai, q fofo!!! Praticamente amiguinhos de signo! heheheheh
      Pois é, esse salto quase me deixou louca, jurei nunca mais ter filho, fiz promessa! hahahahaha
      Vc já tentou sair com ele no carrinho com o encosto levantado, tipo 45°? Eu fiz isso e ajudou, pq o Thomas odiava o carrinho e assim curte! Ele até dorme depois de um tempo….rs Mas é mesmo, as costas arrebentam! :-S
      Não é? ô gentinha mal resolvida….rs
      bjss

      Curtir

  3. Oi!!! Seu filho e lindo!!! Concordo que cada um tem o direito de parir como quer, só acho chato dizer que só o normal e respeitoso…acho forte demais…minha filha nasceu de cesárea, eletiva sim e foi muito respeitoso o momento de seu nascimento!!! E qto a amamentar…eu amamento e assim como parto normal tem gente que não consegue e isso não faz de ninguém “menasmain”… Ser mãe e amar, cuidar, dar carinho, educação…e isso independente de parto ou amamentação!!! Bjos

    Curtir

  4. Passada com essa pessoa que ñ tem mais o q fazer e foi te azucrinar. Isso se chama recalque! Se ñ gosta de ler o q tu escreve, digita outro endereço e muda de blog, simples! Cura pra isso? Beijinho no ombro! Força colega

    Curtir

  5. Olha! sábia valesca popozuda! Beijinho no ombro pro recalque passar longe todo o refrao que se segue!
    Vou te contar nao entendo a dificuldade das pessoas em respeitar as escolhas, atitudes dos outros. Eu hein!! Bjos em vcs!

    Curtir

  6. Vem visitar a gente, Carol!
    É mais perto que a casa dos outros amigos, tem parquinhos fofos, o lago, a primavera está chegando…
    É sério. Se quiser passear por aqui, me avisa que a gente arma um esquema bacana.
    =)
    Se quiser também, podemos trocar whatsapp ou outro meio de comunicação, pois tb tenho ficado bem sozinha por aqui.
    bjs

    Curtir

  7. E o cumulo o que uma pessoa se presta viu…eu aguentei isso no meu blog qdo falei que faria cesárea.
    Aqui ainda tenho uns quilos do parto que se instalaram no quadril, um saco! E ainda não passei por esse pico, a minha faz 3 meses essa semana. Qdo começou por aí e durou quantas semanas?? Beijos

    Curtir

    1. Putz, aqui começou com uns 3 meses e meio e durou até uns 4eses e meio, mas o pico da loucura foi com 4 meses, só Jesus, viu? Rsrsrs agora, com
      5 meses ta beeeeem melhor!
      Esses quilos são uns malas! Os meus estao espalhados no corpo todo, nas costas, coxas e pança! Fala serio! Hahahah
      Bjooo

      Curtir

  8. Oi Carol!! Vim ver as novidades do Thomas!!! rs…Tá lindo demais e pesadinho, hein? Precisa de muito braço pra segurar ele! rs…Quando vc voltar posso segurar ele sentada??? rsrs….

    Ahhh…o que mais tem nessa internet é gente ignorante…não tem nem que entrar por um ouvido para sair pelo outro!!! Aquela velha história: Deus deu a vida para um cuidar da sua!!! Povo chato!

    Beijoss!!!
    Gábi

    Curtir

  9. Acho que no dia que Elis dormir sozinha, eu ajoelho e rezo um terço em agradecimento! JU-RO! É bem verdade que eu nunca tentei deixar ela no berço com sono sozinha… Quem sabe? I´ll try!

    Agora que o perrengue inicial passou, também penso num segundo filho. Queria um irmão pra minha bebê. Mas a mamãe aqui é muita emoção! Marido já faz os cálculos e diz que de jeito nenhum! Mas isso dá pra mudar se iniciar um processo de convencimento pelos próximos cinco anos. 🙂

    Quanto ao comentário apagado: beijinho no ombro, gata, pro recalque passar longe!

    Thomas tá LIIIINDO!

    Bjs

    Curtir

    1. Ah eu tinha um medao de deixar ele e a choradeira começar, mas ele ta de boa! Na maior parte das veZes.. Mas se chora eu vou rapidinho ver, pq eh sacanagem! Rsrs pode crer, 5 anos eh suficiente pra esquecer o trauma! Hahahhahaha bj

      Curtir

  10. Carol, adoro o jeito que você escreve e to rindo aqui do recalque dessa pessoa anonima que te escreveu! Estranho tanto essa forma das pessoas pensarem no Brasil sobre parto… Ai, aqui é tão diferente! Tão melhor nesse ponto!
    Thomas delicinha, lindo e fotogênico!
    Beijo, Rita

    Curtir

  11. O Nicolas tem 3 meses, mas pesa 7.100kg e mede 64cm, só dorme se embalado (mais pra sacudido), tenho me sentido exausta. Ainda estou bem acima do peso e a tal linha nigra ainda está aqui firme e forte, me dando a impressão q nunca vai me abandonar… rsrsrs Mas abandona sim, pois, essa foi minha 2ª gravidez ( a 1ª já faz 9 anos) e eu nem me lembrava q já tinha tido esta “coisa estranha” na barriga.
    Tive 2 cesáreas (não por opção), e acho o máximo q possamos escolher como nossos filhos irão nascer. Não foi o meu caso, mas até o fim da gestação sempre quis parto normal. Pena q não deu… Enfim, cada um sabe de si, mas tem gente q não tem “SEMANCOL”!
    Meu filhote também tem lindos olhos azuis e eu já estou sofrendo por antecipação pois logo terei q voltar ao trabalho, aliás este podia ser tema de um novo post né? Porque como vc diz:
    – Ser mãe é padecer no paraíso! Bjos

    Curtir

  12. Olha, Carol, vou me apegar na parte do seu baby dormir sozinho… Quequéisso?!? Mas, gente, é meu sonho!!! Artur, quase 7 meses, precisa ser ninado e, após dormir, preciso ficar dando tapinhas na bundinha, fazendo cafuné, abraçando, etc, etc, etc… Caso contrário, ele acorda! Como a colega disse aí, o dia que ele dormir sozinho, ajoelho e rezo o terço tb!

    Curtir

    1. hahahahaha e olha, Dany! eu JU-RA-VA q isso nunca ia acontecer, mas um dia eu coloquei ele lá e pimba: capotou! não quis arriscar e fiz isso sempre! De antes, quando TODAs as dormidas ele precisava ser ninado, isso virou um sonho! Tô quase vendo fadas na minha cama! hahahahhahahaha Tem dias que ele dá pau e precisa ser ninado uma ou outra vez, mas na maior parte das vezes, um cafuné na cabeça já basta! hahahahahhaha Amém, amém, que continue assim, forévis! rsrsrsrs
      bjs

      Curtir

  13. Que delicia ele dormir sozinho!!
    Por aqui so colo durante o dia e a noite so do meu lado qdo nao em cima de mim ahahha
    Sabe q as vezes eu puxo a pele do filhote, as vezes nao.. Vou me dedicar mais nesse quesito…

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s