tentante

BC – “Faça uma análise de você e da sua vida antes e depois a maternidade”.

Poxa vida, o tema escolhido pra essa blogagem coletiva, pela Marcela-http://meupequenoreidavi.blogspot.com.br/, eu achei muito interessante, pois de fato muita coisa muda.

Antes de ser mãe, eu era mais impaciente, mais ansiosa e mais “queriatudopraontem”. Quando engravidei, algum botão desligou em mim e eu fiquei um Buda. Paciente, calma, tudo era lindo e a barriga podia demorar aaaaaaanos pra sair. Minha vida também, era bem na rotina: acordava, ia pra academia, trabalhava e depois voltava pra casa. Chegava em casa, fazia o jantar/almoço, tomava banho, via TV e íamos dormir. No dia seguinte, tudo ia igual e assim por diante. Depois da chegada do Thomas, tudo mudou: eu parei com a academia no 7° mês de gravidez, porque as costas doíam, comecei a acordar a hora que ele acorda e agora faço as coisas de casa quando dá tempo. Honestamente, sempre consigo achar uma brechinha entre uma soneca dele pra lavar uma louça, fazer uma unha, escovar os dentes. Claro que nunca mais fiquei largada no sofá vendo TV com marido e isso é algo que sinto falta.

Do ponto de vista psicológico, muita coisa mudou…eu acho. Tenho mais medo. Na viagem de avião, eu que sempre adorei viajar e sair por aí me borrei de medo de achar que alguma coisa aconteceria conosco. Tenho mais medo de assalto, de roubo, de andar de carro à noite com ele. Já me peguei pensando o que faria se viessem nos roubar, pensando num plano de fuga pra arrancar o Thomas do bebê conforto. Também fiquei mais paciente: aguentar choro de criança é um teste de paciência e eu realmente tenho dó e tento entender quando ele chora aparentemente sem motivo. Entendi MUITO mais a minha mãe. Ela foi mãe aos 17 e aos 23 anos e não imagino como deve ter sido difícil para ela largar toda a adolescência pra cuidar de 2 filhos. Realmente ela é de ferro, porque eu com 31 anos me pego lamentando de não conseguir fazer alguma coisa sozinha – tipo cocô. Fiquei muito mais família. Eu já sou extremamente ligada à minha família -tios, primos, avó-todos eles fazem parte muito significativa da minha vida, mas quando engravidei e o Thomas nasceu pude perceber o quanto esse nosso laço é forte: tias se dizendo orgulhosa da minha escolha por um parto natural, a outra feliz da vida com o sobrinho neto, meu pai babando no neto, isso tudo me fez dar MUITO mais valor ao que eu já tinha e relevar aquelas picuinhas familiares por um bem maior: dar ao Thomas a família que tenho.

Do ponto de vista financeiro, por ele tomar fórmula estou gastando bem mais, uma média de 250 reais por mês – um beijo pra quem amamenta e reclama do bico rachado, olha a economia 😀 – Também deixei de pensar em gastar meu dinheiro com coisas pra mim. Veja bem, eu aqui nos EUA país templo do consumismo brasileiro e eu trocando uns sutiãs da Victoria Secrets por comprar meias pro menino…rs Maternidade é abnegação.

No mais, posso dizer que minha vida ficou mais feliz. Nem mais fácil e nem mais difícil. Ficou completa. Eu sempre quis ser mãe e mesmo com todos os perrengues, eu não trocaria essa vida por nada. Dá trabalho, cansa, você tem vontade de sentar SÓ por 5 minutos, vem cocô na sua mão, xixi, você tira meleca de nariz de outra pessoa, mas tudo vale a pena. Eu já amo esse menino como nunca e até comentei com o marido: é tanto amor, que parece que vou virar do avesso.

Anúncios

10 comentários em “BC – “Faça uma análise de você e da sua vida antes e depois a maternidade”.

  1. Não mencionei no meu post mas tb fico pensando em como resgatar minha filha do carro se for assaltada. E aqui depois que ela nasceu ontem que comprei algo para mim, uma sapatilha de ballet pq a minha rasgou toda, e olha que sempre amei comprar , mas hoje o foco mudou completamente! Beijos

    Curtir

  2. Oi, Carol! Essa coisa do medo já tá se passando comigo. Mesma coisa viajando de avião, com a gravidez to com um medo de voar que nunca tive antes. No Brasil eu estava dirigindo e uma doida quase bateu no meu carro. Eu freiei e evitei uma batida, mas na hora só conseguia pensar “PQP! Estou grávida e não posso sofrer um acidente de carro agora!!!”. Parece que hoje pra mim tudo gira em torno da minha barriga, e pra ti deve ser ainda mais, mas girando em torno do Thomas.
    Beijo, Rita

    Curtir

  3. Isso de deixar de comprar as coisas pra si é batata!
    Ganhei um cartão presente esses dias de 50 euros. Ao invés de comprar umas calcinhas, uns vestidinhos pra mim, qualquer coisa, gastei tudo em babador e body. Prioridades.
    Nossa paciência sobe elevada à quinta potência, né? Impressionante!
    Deus sabe o valor que dou à minha mãe agora! Como eu a compreendo!

    Beijos

    Curtir

  4. Oi Carol, Acompanho seu blog a algum tempo, desde que eu estava gravida e vc também, já que meu filho, Cadu, tem 5 meses.rsrs
    Gosto do seu jeito de falar, de se expressar, do jeito que você nos transmite sua experiência, que a maternidade não é mil maravilhas o tempo todo. Não sei explicar, na maioria das vezes eu me sinto acolhida aqui. 🙂
    Mas enfim, você acabou falando de pensar em comprar pro Thomas antes de pensar em você.Dai minha pergunta, eu estou aqui no Brasil tentando comprar um brinquedo pro Cadu (Jumperoo da fisher-price) aqui é muitooo caro, achei um usado num bom preço.E a minha pergunta, você tem vontade de comprar algum brinquedo assim pro Thomas? Já viu algum por ai? Tem alguma opinião pra nos dar sobre isso.
    Ps: Thomas é muito lindo.

    Curtir

    1. haha Q bom que vc gosta das minhas baboseiras, Viviane! hehehe
      Então, eu sei qual é esse brinquedo! Particularmente, eu não curto muito esses brinquedos… Pra mim é tipo andador, sabe? Eu não compraria pro Thomas, prefiro que ele fique pulando quando aprender…hehehe Eu acho que a posição que eles ficam pode incomodar a virilha deles, não sei…coisa boba! Mas sei que tem crianças que AMAM e se divertem horrores…. Aqui eu já vi pra vender e como tudo para bebê aqui, não custa caro, s enão me engano eram uns 70 dólares…. Se vc acha legal e acha q o Cadu vai gostar, manda ver…Mas sabe o q vc pode fazer? se conhecer alguém que tenha, tenta colocar ele pra ver se ele gosta, pq vai q vc compra e ele detesta? Fizemos isso com o Thomas na cadeirinha que vibra. Coloquei ele na loja mesmo e ele curtiu! eeehheheheh
      AAAAhhhh. ele é um gordelício! ❤
      hehe
      bjs

      Curtir

      1. Ah Carol, valeu pela resposta! 🙂
        Sim, ele gosta, coloquei ele na loja também e ele gostou,ficou vidrado!hahahahahaha
        Por isso eu queria comprar, mas aqui custa $900,00 e eu não vou dar isso tudo em um brinquedo que ele vai usar muito pouco.Não vou mesmo! rsrsrs
        Eu fico impressionada com essa diferença de valores! :O
        Valeu mesmo Carol, vou continuar por aqui acompanhando…

        Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s