bebê · começo · humor · parasita · primeiro tri

Porque não contar?

Reza a lenda que 30% das primeiras gravidezes acaba em aborto espontâneo e às vezes a mãe nem sabe da gravidez. Reza a lenda que é bom esperar 12 semanas para ver se não há nenhuma má-formação no feto. Dizem que é bom esperar para que os riscos caiam e a gravidez fique segura.

Meu marido acredita piamente em tudo isso. Eu também. Mas eu não me importo em dividir as coisas, ele sim. Na verdade, eu sou aquele tipo de pessoa que pensa que fazer alguma coisa e já espalha pro mundo todo (como mundo todo leia-se pessoas dignas de confiança). Marido, se puder, espera até o último dia e não fala nada. Essa questão da gravidez, eu me sinto traindo todos, porque oras, contei num blog e não contei pra minha mãe? Mas que porra! Assim, eu não acredito em olho gordo, mau agouro, acredito sim em inveja, mas acho que pessoas de espírito bom não “pegam” essas coisas e gostaria muito de contar logo pra minha família toda.

Ontem vi que minha tia vai fazer uma pizzada no aniversário dela, dia 30/04. A esta altura, vou estar de 11 quase 12 semanas, e já vou ter feito o primeiro ultra, provavelmente. Falei para o marido que ia contar para a família – parte 1 nesta ocasião. Ele disse: “ah, não, vamos esperar mais um pouco”. Não. Chega de esperar. Eu quero contar! Eu quero dividir essa alegria. Se perder, perdi. Paciência, não é culpa de ninguém, mas pelo menos as pessoas souberam que por um momento esse parasita existiu. Por mim, já abria a boca agora, mas vou fazer o primeiro ultra, pois ele será usado para fazermos os videos…hehehe

Sinceramente, eu não entendo essa ânsia de esconder, de ocultar, de esperar. Eu sou boca aberta mesmo, não estou nem aí! Neste caso, estou em segredo só e somente por respeito ao pai da criança, mas nunca por vontade minha. E isso está me corroendo.

No mais, tenho sentido umas coliquinhas durante o dia e à noite ficam mais frequentes. Acho que deve ser o útero se adaptando ao baby, que hoje mede o equivalente à uma ervilha, segundo o App “What to Expect when you´re expecting”. Ainda, de acordo com ele, estou de 5 semanas e 4 dias.  Falta pouco!#not

Estou ansiosa pela consulta com o médico, mas mais porque ele já permeia minhas fantasias “partais” há muito tempo e conhecer ele, vai ser como conhecer um sonho! #bonjovifeelings

Vai ser na próxima quinta! 😀

 

Anúncios

23 comentários em “Porque não contar?

  1. Menina! Eu e meu marido estamos no mesmo dilema! Estou com 4 semanas e 6 dias e também estamos de segredo, com todo esse medo de aborto de início de gestação e bla bla bla. Mas uma amiga me deu um conselho que repasso a vc: se – Deus livre e guarde – acontecer o pior, teremos nossa família pra nos apoiar! Ainda assim vou esperar minha primeira ultra semana que vem, pra no feriado da sexta feira santa abrir pra ambas as famílias! E estou MORRENDO de ansiedade por isso!
    Bjs

    Curtir

    1. Então, eu tb acho…e outra, contando ou não, o risco é o mesmo! rsrsrs Quero ver se consigo fazer o primeiro ultra antes do feriado e se der, quero contar sim! é mto chato ficar fazendo segredinho e eu não sou assim! hehehehe
      bjooos e boa sorte pra vc tb!! 😀

      Curtir

  2. Nossa eu tbm n conseguiria me conter, contaria pra todo mundo! E como a Carol mesmo disse, o risco é o mesmo, e acho que o apoio da família é sempre bem vindo, em qualquer momento das nossas vidas, mass se é para a alegria do pai do bb, aguenta firma rsrs!
    Beijos

    Curtir

  3. Comigo aconteceu diferente… recebi uma proposta de trabalho de outra empresa no mesmo dia que recebi uma proposta de mudança de cidade da empresa que trabalho… como estava na fase de tentante há apenas 20 dias, minha primeira preocupação antes de qualquer coisa era saber se estava grávida. Corri para a farmácia em horário de expediente mesmo e fiz o teste no banheiro do trabalho: resultado: grávida! Resposta para as promoções: não, estou grávida! E já que contei para meu chefe já saí contando pra todo mundo! rs

    Curtir

  4. Oi, Carol!
    Primeiramente, Parabéns pelo parasitinha!!!! Estava de férias semana passada e ontem quando vi que seu parasita está a caminho fiquei muito feliz!
    Bom, aqui em casa foi o oposto…
    EU quis esperar as 12 semanas para dar a notícia para todo mundo. Marido queria contar logo, mas não deixei. Diz ele, que se deixar, eu só falo quando a “criança” completar 18 anos.
    Aqui, foi mais fácil aguentar a expectativa pois moramos muito longe da família e não queríamos contar por telefone, mail, facebook, etc.
    Como tínhamos acabado de voltar da casa da família quando descobrimos a gravidez e como já tínhamos data para ir novamente (13 semanas), inventei uma desculpa e pedi para meus pais virem para a cidade em que moramos para darmos a notícia a eles logo. Não conseguiria esconder essa felicidade da minha mãe… Mas o combinado seria que só eles saberiam até os 3 meses.
    E assim foi feito. Chegamos ao Rio e contamos para a família e amigos. E no trabalho, ainda não contei para ninguém (será que o chefe vai ficar p.??? Muita vergonha…).
    Hoje a notícia tem que sair…

    Beijos!

    Felicidades!

    Curtir

  5. Carol, eu tb sou uma pessoas que não sabe guardar segredo (e o marido é pior que eu), mas qdo o meu vier eu vou esperar pra anunciar no face (por exemplo), até a 12 semana. Gostaria de contar somente pros pais, avós e amigos mais próximos mesmo. Não vai ser fácil, pq a vontade deve der se espalhar pros 4 ventos *kkkkkkkkkkk*
    Beijocas

    Curtir

  6. O grande lance que dizem que contar antes é a expectativa que se cria em todos que contamos e amamos e nao a inveja ou olho gordo… Foda-se quem é invejo ou olho gordento.
    Pelo que vi com minhas amigas que perderam é esse o lance.. É um saco vc ficar ouvindo depois um”poxa, que pena, mas da proxima vai.. Bla bla bla…” Por isso quem perde de primeira nao conta na segunda.
    Aqui no Canada (e EUA tb) as pessoas so contam com 12 semanas pra qq um.. É comum…
    Mas acho que cada um é cada um e se seu marido nao quer contar, acho que tem que respeitar mesmo.. Hehe

    Curtir

  7. Carol, menina, parabéns! Veio rapidinho o seu parasitinha, hein? Que alegria!!!

    Sobre o assunto de hoje, eu tenho duas experiências diferentes: engravidei, contei pra geral, perdi o baby. Engravidei de novo, nao contei pra ninguém até as 12 semanas, o baby nasceu e taí lindo e gordo, do alto de seus quase dois aninhos de vida.

    Eu sou como vc, nao me aguento, quero dividir com todo mundo e acho que medo de aborto (e risco de) existe do mesmo jeito, se contamos da gravidez ou nao. Porééém, vc deve estar se perguntando: pq entao nao contou da segunda vez? Te respondo: pq me doeu muito, demais, ter que ficar explicando que a primeira gravidez nao tinha sido bem sucedida. Mexeu com expectativas de um monte de gente, me senti culpada, foi bem ruim. Entao, na segunda vez, ficou claro pra mim que eu precisaria passar pelo primeiro tri sozinha com meu marido (alguns familiares mais proximos sabiam, claro, mas notícia só virou pública mesmo qdo eu me senti segura pra tal). E assim foi.

    Às vezes fico pensando se, qdo tiver um segundo filho (uma terceira experiencia de gravidez), contarei pra alguém no comecinho. E nao sei, viu. Talvez nao.

    Mas entendo e respeito quem quer contar meeeesmo.

    beijao e parabens de novo!

    Curtir

    1. Putz, então…eu acompanho seu blog desde essa época e juro que pensei mto no seu caso nesta questão de ter contado e perder….eu vou respeitar o marido, claro e também acho que seria mega complicado lidar com as expectativas de uma família que espera esse baby até mais que eu! rsrs Vamos esperar, falta só mais 6 semanas, passa voando! 😀
      Acho que toda vez que eu quiser contar, vou chupar um limão, pra ver se passa logo! hahahaha
      Bjoks e obrigada pelo apoio!! 😀

      Curtir

  8. Carol, nas minhas duas gravidez(ES) rs eu contei pra todos assim que soube! Nessa segunda os planos eram de esperar até as 12 semanas, mas quem não aguentou foi o marido! Desse vez quando engravidar optamos por contar apenas pros meus pais e minha irmã… O resto de pessoal infelizmente vai ficar sabendo pelo crescimento da barriga, os motivos são pessoais, e como vc mesma disse existe a inveja, nao digo que alguém da familia tenha inveja né.. Porém no calor do momento alguém pode contar, pra alguém que não suporta a ideia de nós dois juntos, muito menos nos tornando 3 e recorre à coisas ruins.. Não to criticando religião nem nada. Apenas quero me preservar. Acho que entendo o seu marido nesse sentido. Porém sou boca aberta tambem, vai ser muito dificil nao contar! rs
    Por isso vou recorrer ao blog e quando sentir vontade de contar pra alguem eu posto kkk
    /Bjao

    Curtir

  9. ahhhhhhhhhhh, eu bem te entendo amiga!
    eu já fico imaginando tendo que esperar essas 12 semanas aí e quero ter um treco, kkkk…
    eu gosto de falarrrrr, contarrrrrrrrrrr… a mais boca aberta!!!

    eu penso em esperar as 12 semanas para anunciar geral, tipo luminoso na testa, haha… mas para a família próxima (pais, irmãos e tals) eu não vou dar conta de aguentar tudo isso não (quantooo tempo, rs), ainda mais o povo todo doido querendo um pequeno (a) na família.

    acho que vc tem que pedir proteção para Deus e contar sim, principalmente, para sua mãe que só tem sentimentos bons por vcs.

    bjo!

    Curtir

  10. Kkk eu contei no primeiro dia e correu tudo bem, gravidez otima, sem enjoos ( e eu tinha 36 anos, velha pros fofoqueiros e agourentos de plantao), o Felipe nasceu lindao, saudavel e mes que vem vai fazer 1 ano. Ou seja: se tiver que ser sera, essas supersticoes sao lenda, nao tem poder :0)
    Vai dar tudo certo com seu baby tambem, pode sair contando, kkkk

    Curtir

  11. Carol, quando descobri a gravidez, segurei o segredo por 4 dias e contei para minha irmã mais nova, consequentemente ela contou para o namorado, mas só….depois de 10 dias que sabia que estava grávida que tive coragem de contar para meu namorado, pensa o sufoco esconder uma gravidez do pai do seu filho!! ele sentiu a necessidade de contar para a irmã dele e o cunhado, contei para duas amigas da faculdade, minha gravidez ficou restrita somente a essas 6 pessoas até a 10 semana quando contei para minha mãe….hoje estou de 12 semanas e ainda escondo das pessoas, mas é porque sou solteira e se fosse casada seria diferente, já contaria geral e no início contaria para o marido, pais, irmãs, sogros e cunhadas, as amigas da facul tb e só, é um momento delicado, que requer cuidados, mas converse com seu marido pra contar para seus pais e os dele a princípio, é bom sentir o carinho de pessoas torcendo pela gente.

    Curtir

  12. é agoniante realmente guardar esse segredo!

    mas achei super elegal a ideia do video, vai ser uma surpresa linda e vai valer a espera!

    mas eu tb me preocupava com isso de contar e acontecer algo.
    mas eu pensava q da mesma forma como todos ficam felizes, se acontecesse eu tb teria o apoio de todos, assim como tive na noticia positiva. entao por um lado eh bom.

    embora nao pareça passar nunca, falta pouco neh.
    e a surpresa vai ser bem legal!

    beijoosss

    Curtir

  13. Meu marido comecou a contar pras pessoas antes de mim kkkkkk primeiro ele contou pro meu pai e depois ligamos pra sogrinha e contamos pra ela kkkkkk
    contando ou nao os riscos sao os mesmo, mas eh bom respeitar a opiniao do marido! Eles ja ficam tão de fora nessa coisa de gestação, tadinhos!
    Eu tive mtas colicas no comeco como se fosse descer a menstruação, mas como diz minha GO: se esta te incomodando vá num PS pra tr certeza q esta tudo bem
    Na pior das hipoteses vc vai dar uma olhada no seu parasitinha 😉

    Curtir

  14. Bom, eu já comentei sobre isso no outro post. Sou boca grande mesmo. Mas não saio espalhando pra todo mundo, só pra quem “conta”, sabe?

    Agora, quanto as coliquinhas, fica tranquila! É o útero em expansão mesmo. Tive nas duas gestações até umas 8/9 semanas.

    E nem me fala de consulta, que eu tô doidjeenha pela consulta com meu obstetra novo, que também povoa meus sonhos partísticos há tempos (leia-se partos domiciliares)… Ansiosa já! hahahha

    Beijo

    Curtir

    1. Menina…..nem me fale!o meu obstetra é tipo o papa dos partos domiciliares! o punk é gastar essa grana toda….mas vambora: parto digno JÁ!
      é, tem dias, que não me dá cólicas, mas ontem no fim da tarde doeu um bocadinho, depois passou…..
      Estranha essa sensação de estar criando uma vida! hahahhaha
      bjoks

      Curtir

  15. aff, eu não me aguentaria! Mt legal esse pacto de vcs, mas ao menos a minha mãe, que é minha grande companheira, eu teria que contar…acho que ela ia me matar se soubesse depois. Mas o resto da família, amigos, primos, eu realmente pretendo esperar. Mas ao menos as duas mães (minha e do marido), acho que contaríamos. Ainda não sou tentante – só no fim do ano – e lógico, penso apenas na teoria.
    Parabéns pelo positivo e mt paz e saúde pra vcs!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s